O Portal da sua Alimentação Espiritual

Assim como o Pai que vive, Me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai,também quem de Mim se alimenta, por Mim viverá. Jo 6:57

REGANDO A SEMENTE

01/05 – Encontro Microrregional em Chapecó

E, receosos de que fôssemos atirados contra lugares rochosos, lançaram da popa quatro âncoras e oravam para que rompesse o dia. Procurando os marinheiros fugir do navio, e, tendo arriado o bote no mar, a pretexto de que estavam para largar âncoras da proa, disse Paulo ao centurião e aos soldados: Se estes não permanecerem a bordo, vós não podereis salvar-vos. Então, os soldados cortaram os cabos do bote e o deixaram afastar-se.
Atos 27:29‭-‬32

Sempre temos muito medo e receio de sair do conhecimento e entrar no campo prático para testemunharmos como servos de Cristo. Por isso fazemos um arranjo misto vivendo racionalmente e em outros momentos cedendo lugar para Jesus. Vivemos há muito tempo dessa forma, pois “temos medo de perder o controle” sobre nossas vidas.
Isso é fraqueza e incredulidade.

Temos muito medo e receio de sermos lançados em lugares rochosos, isto é, fazer aquilo que não gostamos.
Mas quando Deus está no controle, não sofreremos nenhum dano. A vida de intimidade com Deus é algo que gera muita insegurança. Nesta passagem de Atos vemos que os marinheiros, que eram as pessoas mais maduras no que se refere a navegação, queriam saltar do navio.

Muitos já saíram do nosso meio por medo e receio de perder o controle administrativo sobre suas vidas e pegaram os botes. Mas até Jesus teve dificuldade de se entregar, mas ele confiou no Pai. Infelizmente temos falsos conceitos sobre nós mesmos a respeito da nossa produção para Deus.

O conhecimento e ativismo tem substituído a Vida de dependência do Criador. Estamos agradando a nós mesmos.
Queremos escapar dos caminhos que Deus tem pra nós. Os botes colaboram com a nossa independência de Deus, se coadunam com nosso pensamento, desejo e vontade.

Desta forma não vivemos pela fé e não experimentamos a grandeza de uma possessão do Espírito Santo. O navio (Igreja) sempre anda de Costas para o mar ( mundo). O mundo e Cristo jamais terão comunhão. Infelizmente ainda lutamos para não fazer a Vontade de Deus, arrumamos pretextos para não cumprir os mandamentos. Temos que nos maximizar para a produção aparecer.

Deus vai nos levar à sua dependência. (Glória à Deus…)

Deus abençoe.

Dica: O conhecimento e ativismo tem substituído a Vida de dependência do Criador.

DESTAQUES DA SEMANA

Ir para o Totpo