O Portal da sua alimentação espiritual

"Assim como o Pai, que vive, me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai, também quem de mim se alimenta, por mim viverá". Jo 6:57

 

CONTA APOSTÓLICA

Ministério Menorah

Banco: Bradesco

Agência: 2890

Conta Corrente: 29.223-0

CNPJ 10199954/0001-29

Oferte para a expansão do Reino de Deus

APLICATIVO ANDROID

RÁDIO MENORAH

Programação

TODOS OS DIAS

24 Horas no ar

Terapia Espiritual On Line

Voltar ao Topo

O Site Pão de Judá oferece Terapia Espiritual On-Line GRATUITA, que conduzirá você ao caminho de Cristo, para que as dificuldades de sua vida sejam resolvidas pela Palavra de Deus. A terapia será feita gratuitamente via Skype uma vez por semana com duração de até 30 minutos. Se você deseja receber este auxílio preencha o formulário ao lado e entraremos em contato.

Enviando formulário…

O servidor encontrou um erro.

Formulário recebido.

Todos os campos do formulário são obrigatórios.

 Novidades

A Bíblia não é decoração

Certa vez, uma mãe, desejando que sua pequena filha se interessasse pela Bíblia e conhecesse alguns versículos, trouxe-lhe sua Bíblia toda empoeirada e disse: “filhinha, venha agora ler um pouco a Bíblia. Você pode usar a Bíblia da mamãe e depois pode brincar”. A menina falou: “mamãe, eu prefiro estudar a Bíblia do vovô, que é bem mais legal e interessante do que a sua”. A mãe disse: “não, minha filha, a minha Bíblia e a do vovô são exatamente iguais. Por que você diz que a dele é mais interessante?”. Então, a filha disse: “é porque o vovô está sempre lendo a dele e a sua fica sempre na estante pegando poeira. Por isso, acho que a do vovô deve ter coisas mais interessantes e melhores de aprender”.

Muitas vezes, por não valorizarmos a leitura da Bíblia, passamos aos outros a impressão de que ela é um livro comum. Entretanto, não foi simples para Deus fazer com que hoje pudéssemos ter a Bíblia em nossas mãos. Deus usou Sua soberania para fazê-la chegar ao maior número de pessoas possível, não para que a usassem como objeto decorativo de estante, e sim para que, diariamente, desfrutassem das riquezas de Cristo nela contidas.

Uma Bíblia empoeirada e abandonada na estante de uma casa indica que essas pessoas também estão com seus corações empoeirados e com ausência de Deus. Uma Bíblia limpa, mas apenas com função decorativa, também não cumpre seu propósito. A Palavra de Deus é alimento para o nosso espírito.

No Evangelho de João 6:57 está escrito: “quem de mim se alimenta, por mim viverá”. Em Mateus 7:16, Jesus também disse: “pelos frutos vos conhecereis” e em João 4:24, Ele disse: “a verdadeira adoração é em espírito e em verdade”. O que significa isso? Significa que devemos adorar a Deus em verdade, porque temos que viver o Evangelho; e em espírito, porque devemos amar a Deus sobre todas as coisas, sem precisarmos de reconhecimento humano.

Quando permitimos, conscientemente ou não, que projetos e desejos, vontades e emoções, preguiça e preconceito, pessoas e cargos, dinheiro e bens nos impeçam de tocar Cristo  - mediante a leitura e meditação da Verdade que vem diretamente do Trono de Deus: a Bíblia - então, o cumprimento do primeiro mandamento não está sendo realidade em nossa vida (Mat 22:36-38).

Ainda hoje, pegue sua Bíblia, abra e leia em voz alta alguns versículos, especialmente do Novo Testamento. Gaste alguns minutos e pense sobre os versículos lidos. Permita que a luz divina entre em seu coração através do texto bíblico, para renovar sua vida (Rom 12:2). Não deixe mais a Bíblia ser um objeto decorativo em sua casa!

Você sente angústia?

No Salmo 77:2 está escrito: “No dia da minha angústia, procuro o Senhor; erguem-se as minhas mãos durante a noite e não se cansam; a minha alma recusa consolar-se”. A angústia é um sentimento destrutível que corrói e acaba com o ânimo e a esperança do homem. Ela dissipa o encanto da vida. A angústia é uma dor intensa nas profundezas do nosso ser que, muitas vezes, se exterioriza pelas lágrimas ou pelas noites de insônia. Contemplamos as horas silenciosas da madrugada passar, mas dentro de nós há sofrimento, dor e choro pela contínua série de fatos que nos machucam no dia-a-dia.

Muitos que leem este texto se identificam com o que está sendo falado. Note que o salmista disse: “na minha angústia busquei ao Senhor”. Sabemos que a angústia é produzida pela busca contínua e diária de conquistas afetivas, emocionais, materiais, e espirituais; que, depois de alcançadas, geram frustração, porque as coisas que tanto lutamos para conquistar não nos preenchem e não nos dão alegria. A coisa conquistada, em si não é o problema, o problema está em nós, que não sabemos nos conduzir perante a vida.

Nós estamos totalmente carentes do conhecimento da verdade, que nos ensina a agir e a lidar com a vida segundo a sabedoria de Deus. Além disso, quando recebemos maus tratos na vida, também não sabemos o que fazer, então, o que sentimos é reprimido e depositado em nossas emoções. É bom lembrarmos que tudo o que é guardado e reprimido fica vivo e ativo em nosso íntimo e, se não soubermos perdoar, nossa saúde emocional ficará completamente abalada.

Tudo o que é mau e que está dentro de nós é lembrado e o pensar nisso aumenta o mal-estar interior, ou seja, a cada dia, recebemos incrementos no nível de angústia. A nossa mente tende naturalmente a cultivar os pensamentos negativos e as coisas desagradáveis que aconteceram conosco. Dificilmente gastamos tempo pensando nas coisas boas que já nos aconteceram. As coisas boas são rapidamente esquecidas por nós. Por isso, no Livro de Lamentações 3:21 diz: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”. Precisamos aprender a rememorar os grandes feitos de Deus em nossa vida!

Como o salmista reconhecia que só Deus poderia lhe conceder a libertação da angústia, nós devemos reconhecer e passar a contemplar as grandes bênçãos que Deus já nos concedeu. Além de buscarmos liberar o perdão a quem nos machucou, o exercício mental de rememorar as obras de Deus é remédio, que vem da Palavra dEle, para auxílio na vitória contra a angústia em nosso coração.

Próximo Encontro

No Salmo 133, o Senhor diz que é bom e agradável viverem unidos os irmãos, que é como um óleo precioso. Sabemos que a unidade no espírito já recebemos na salvação que recebemos de nosso Senhor Jesus Cristo, mas que, pela luta da batalha da fé, iremos alcançar a unidade na alma, pelo processo de nossa salvação orgânica.

Os encontros regionais proporcionados pelo nosso Deus, nos permite avançar neste crescimento de vida em união com nossos irmãos, suportando uns aos outros em amor.

Glórias te damos oh nosso Salvador, o Santo de Israel a quem devemos a honra e a glórias destes momentos preciosos. Quem venham mais encontros.

Acompanhe na página Encontros toda a agenda dos próximos eventos.

Nosso próximo encontro será na cidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, no dia 6 de fevereiro de 2016. 

Assine TV Menorah

Atendimento:

 

e-mail: atendimento@paodejuda.com.br

 

facebook: www.facebook.com/PaoDeJuda

Assine TV Menorah

Atendimento:

 

e-mail: atendimento@paodejuda.com.br

 

facebook: www.facebook.com/PaoDeJuda