O Portal da sua Alimentação Espiritual

Assim como o Pai que vive, Me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai,também quem de Mim se alimenta, por Mim viverá. Jo 6:57

Absalão

Absalão não cria que a justiça vem de Deus e que justo é somente Deus

Absalão foi filho de Davi, e acompanhou todas as dificuldades que Davi tinha (que eram da permissão divina). Ele tinha o desejo de emitir justiça no lugar de Deus e do pai. Assim como Lúcifer, Absalão era cheio de justiça própria, se autocontemplava e também queria o lugar do pai. Os erros de Absalão não foram causados por causa de Davi, pois cada um é responsável por suas próprias atitudes e decisões. Logo, jamais o erro de outros será uma justificativa para que possamos errar também. Mas tudo que acontece tem um fim proveitoso para edificação do reino, então mesmo Davi falhando em muitos aspectos, seus erros foram permitidos para a implantação do reino de Deus na terra. Assim como Absalão, muitas vezes enxergamos a lei de Deus como regras, e fazemos uso dela para julgar à todos, levando a nos acharmos justos e confiar em nós acima de tudo, seja consciente ou inconscientemente, sendo assim, legalistas!

O perigo da autoconfiança

Absalão chegou no ponto de confiar somente em si, esquecendo ser filho e servo de Deus e de Davi. Ter confiança na justiça de Deus significa não arrazoar ou se defender, mas deixar Deus resolver o assunto. Porém se fazemos estratégias, pensando em como solucionar/revidar, é um sinal claro de que há auto-confiança (ou seja, estamos dominados pelos sentimentos do próprio lúcifer). E como foi com lucifer, atrairemos também julgamentos. Pode-se ver que antes do incesto familiar, Absalão já tinha em seu coração que ele é quem ocuparia o trono após seu pai, sentimento esse que se tornou maligno cada vez mais ao ponto de Deus ter que recolhe-lo.

Ir para o Totpo