O Portal da sua Alimentação Espiritual

Assim como o Pai que vive, Me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai,também quem de Mim se alimenta, por Mim viverá. Jo 6:57

A virtude perdida

Quando Deus criou o Universo, Ele o fez com o único objetivo de tornar a criatura participante de Sua perfeição e bem-aventurança e, assim, mostrar nela a glória do Seu amor, sabedoria e poder. Deus desejava revelar a Si mesmo dentro e por meio dos seres criados, comunicando-lhes tanto de sua própria bondade e glória quanto eles fossem capazes de receber. Mas, esse repasse de virtudes não concede ao homem uma auto-existência, uma vida independente do Criador.

A relação da criatura com o Criador somente pode ser uma relação de ininterrupta, absoluta e universal dependência. Deus criou o homem pelo Seu imenso poder e também só Deus pode sustentá-lo a cada momento. Agora, para o homem voltar a ser um com Deus, ele precisa apresentar-se a Deus como um vaso vazio, no qual Deus possa habitar e manifestar Seu poder. A vida que Deus nos devolveu por meio de Jesus Cristo não nos é concedida de uma só vez, mas a cada momento, continuamente, pela operação incessante do Seu grandioso poder que é liberado pela Sua Palavra em nosso interior.

A humildade é a posição e a condição exata que nos coloca na plena dependência de Deus. Essa é a primeira e a mais elevada virtude do homem criado; é a raiz de toda virtude. O orgulho que habita no coração do homem torna-o obcecado e independente de Deus. Isso configura a perda da humildade e é a raiz de todo pecado e mal. No Éden, quando a serpente injetou o veneno do seu orgulho, o desejo de ser como Deus, no coração dos nossos primeiros pais (Gen 3:1-6), eles caíram da sua posição elevada para uma posição de desgraça, na qual nos encontramos ainda hoje (Sl 51:5). Seja no céu ou na terra, o orgulho, a autocontemplação é o fato gerador de maldição (Ez 28:11-19).

A nossa redenção tem de ser a restauração da humildade perdida (Tg 4:10). O relacionamento original e verdadeiro entre o homem e o Criador só é restaurado através da humildade. Por isso, Jesus veio trazer a humildade de volta à Terra e fazer-nos participantes desta humildade para, por ela, nos salvar. Nos céus, Jesus Se humilhou para tornar-Se homem, e aqui na terra Ele foi obediente até a morte (Fp 2:5-11). Foi por Cristo ser humilde que hoje temos a salvação e o Espírito que dá a vida eterna. Então, sempre que Cristo estiver em alguém, este mostrará humildade, porque Cristo é a própria humildade. Essa é uma virtude elevada que somente Cristo pode conceder aos homens!

Diz o Senhor Jesus: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma” (Mt 11:29).

Equipe Pão de Judá


DESTAQUES DA SEMANA

Scroll Up