16/05 – Culto Mundial

Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus, aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.
Hebreus 10:19‭-‬22

Tudo posso naquele que me fortalece.
Filipenses 4:13

O acesso a Deus só foi possível após a ressurreição e ascensão de Cristo.

Assim se iniciou esse “Novo e Vivo Caminho” que nos dá acesso livre a Deus. Não há mais bloqueios e barreiras, toda dívida dos pecadores foi posta na carne de Jesus. A carne é o véu que foi rasgado de alto a baixo. Não conhecemos a Deus ainda, quando ele se dispensa para dentro de nós.

O Maior poder do céu e da terra passou a habitar em nós. No início da vida cristã, o fluír Divino é muito raro e esporádico. A alma é nossa identidade e nosso ser que precisa conhecer o Habitador.

A Palavra nos esclarece a respeito do Habitador. Não há outra maneira de conhecer que não seja através dos ensinamentos da bíblia e pela busca de conhecimento. Por isso precisamos estar na Igreja. Sempre somos beneficiados quando estamos na Igreja. Às vezes os resultados são pequenos e a pessoa não recebe transformação porque a carne tem predominância muito forte na alma.

Nossa alma precisa receber o governo da Nova Criação. Só Deus conhece a condição da nossa alma. Se nossa alma estiver em fase de purificação e crescimento, seremos usados pelo Espírito Santo no Grupo Familiar, e em qualquer lugar. (Glória à Deus)

Quem acompanha a Mesa na semana, e renova a mente será usado poderosamente por Deus. Assim o Grupo Familiar terá sucesso garantido. Agora Deus aplicará a Cruz e nos fará fluir o Espírito. Jesus habita e nos fortalece, mas ainda não conseguimos perdoar por causa da alma que não quer se humilhar e se negar. Temos que abrir mão dos direitos, sermos mansos e humildes e obedecer para o Senhor fluir. Ainda não temos unidade na fé, mas sim isolamento e individualismo.

São poucos irmãos que comungam espiritualmente. Se não estivermos dispostos a obedecer o princípio, através do negar, não vamos vencer. Se queremos ser usados pelo Espírito Santo temos que tomar decisões.

Deus abençoe.

Dica: Se nossa alma estiver em fase de purificação e crescimento, seremos usados pelo Espírito Santo no Grupo Familiar, e em qualquer lugar.

16/05 – Mensagem de edificação às 10h

É hora de comer e levar o Pão Vivo”.

Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o Pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Este é o Pão que desce do céu, para que todo o que dele comer não pereça. Eu sou o “Pão vivo” que desceu do céu; se alguém dele comer, viverá eternamente; e o Pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne. Disputavam, pois, os judeus entre si, dizendo: Como pode este dar-nos a comer a sua própria carne? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tendes vida em vós mesmos. Quem comer a minha carne e beber o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeira comida, e o meu sangue é verdadeira bebida. Quem comer a minha carne e beber o meu sangue permanece em mim, e eu, nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai, também quem de mim se alimenta por mim viverá. Este é o Pão que desceu do céu, em nada semelhante àquele que os vossos pais comeram e, contudo, morreram; quem comer este Pão viverá eternamente. Estas coisas disse Jesus, quando ensinava na sinagoga de Cafarnaum.
João 6:47‭-‬59

Esta passagem tem muito a ver com nossa situação hoje. Estamos migrando para uma particularidade toda especial que versa sobre a Mesa e o Arrebatamento. Temos que descobrir a realidade da Cruz e louvar e agradecer a Deus.
A Cruz não é maldição, mas bênção. A Cruz é um procedimento para Deus nos abençoar, mas isto não está revelado em nossos corações. Quando introjetamos a Palavra, estamos bebendo o sangue e comendo a carne do Senhor Jesus.
Este texto é repetitivo e insistente, afirmando que Jesus é a única solução para a vida natural e humana.

A ressurreição e a Vida Eterna dependem de Cristo. Precisamos recuperar a visão celestial para que as práticas da Igreja venham se adequar ao momento que Deus proporciona agora.

Temos sempre uma tendência inercial a ficarmos no formato do passado. Deus não muda seus princípios, mas altera as estratégias, o formato e as maneiras de adorá-Lo.

Deus está mudando a maneira de reunir seu povo. Temos que ter uma reação diante desses ensinamentos de modo que venhamos agradar o Senhor. Uma mudança é desconfortável, nos tornamos conservadores por causa do sistema clerical. Temos que quebrar essa estrutura mental e produzirmos para Deus. Quando chegar a grande tribulação não teremos acesso ao consumo, emprego e subsistência.

Nossa função de apascentamento e evangelismo na Igreja tem que se adequar a esse Novo e Vivo Caminho. O Senhor preparou a Mesa para nos colocar nas Bodas do Cordeiro em pouco tempo desde que consideremos as Suas Palavras. A crise chegou para preparar o caminho do anticristo. Nosso trabalho é levar as pessoas para a Mesa.

A Mesa prepara as pessoas para a glorificação. É hora de investir e trazer o povo de Deus. Precisamos ajudar os irmãos a crescerem em vida.

Deus abençoe.

Dica: Nosso trabalho é levar as pessoas para a Mesa.

15/05 – Encontro Microrregional de Passo Fundo

Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes de alto a baixo; tremeu a terra, fenderam-se as rochas.
Mateus 27:51

No Antigo Testamento, Deus trouxe uma planta do Tabernáculo para ministrar a realidade futura da Nova Aliança. Hoje nós somos este Tabernáculo. Deus desceu à terra para fazer um Tabernáculo (homem) e de dentro dele tirou a mulher.

Deus mora dentro de nós, somos o seu Santuário. O véu do Templo se rasgou no momento que Jesus morreu. Temos que compreender isso para assimilar o formato puro e genuíno que Deus trouxe.

O Culto deve ser no Espírito, o Senhor não aceita culto racional e humano. A Igreja deve ser espiritual. Temos que ser um com o cabeça. Um véu é algo que bloqueia e impede de receber as coisas de Deus.

Quando o véu se rasgou, Deus tirou o impedimento. Não há mais bloqueios entre nós e Deus. Isso é Reino. A “Igreja na Casa” está revelada em Gênesis. Hoje estamos unidos eternamente com Cristo. Somos “um” com o Senhor, o milagre já aconteceu, o véu já foi rasgado.

A indiferença e descaso com o Senhor vai acabar. Recebemos Vida Eterna porque o Senhor se uniu conosco. A Igreja começou a se formar a partir da morte de Cristo. Ali o Senhor retomou seu plano. Temos que colocar isso como nossa vida.

O Senhor preparou a Mesa para nos transformar e para termos sucesso espiritual. Temos condições de aperfeiçoar nosso dinamismo com a estrutura de alimentação existente. A Mesa será acessada por muitos que vão chegar. A “Igreja na Casa” pode ser em qualquer lugar do planeta. O sistema clerical foi um prejuízo para Deus. As coisas mudaram e temos que nos atualizar. Precisamos usar o que Deus está trazendo de novidades para alcançar mais pessoas.

Temos que levar as pessoas para a Mesa. Precisamos produzir, o povo precisa receber a Verdade sobre Cristo. Temos o caminho para sair da dificuldade.

Deus abençoe.

Dica: O Senhor preparou a Mesa para nos transformar e para termos sucesso espiritual.

14/05 – Mensagem de edificação (tradução em espanhol)

Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.
Mateus 7:24‭-‬27

Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:33

Nesta passagem, Deus mostra dois fundamentos, um é Cristo e outro é o velho homem, a falsa rocha. Podemos dizer que a autoconfiança humana é a falsa rocha. Quem conhece e não pratica é insensato, pois se baseia em cima da areia. Esta alegoria nos mostra a ineficácia do conhecimento sem a prática.

A palavra Igreja se refere primeiramente à uma pessoa recriada, a primeira Igreja na casa somos nós de maneira individual. Todos nós conhecemos esse texto, mas a maior parte não pratica. Então quando vem as tempestades, a casa fica em ruínas. Isso já aconteceu com muitos irmãos.

O Senhor nos ensina como construir a Vida espiritual, temos que buscar o conhecimento e praticá-lo. Tais pessoas são sustentadas por Deus nas horas de dificuldades. Há um Reino sendo estabelecido dentro de nós, ele é latente e por isso precisamos praticar a Palavra para se tornar aparente.

O Senhor não tem legalidade para nos abençoar e provisionar quando não praticamos a Palavra. Temos muitas restrições e problemas com os irmãos por causa dessas coisas. Buscar o Reino significa conhecer e praticar.
Isso é nossa responsabilidade. Há uma resistência interna para praticar a Palavra, pois precisamos ir contra a nossa vontade e por isso ficamos só no conhecimento.

Por isso Deus não pode nos abençoar e acrescentar. Muitos irmãos estão desanimados e incrédulos na Igreja por esse motivo. Não podemos deixar satanás nos enganar nessas horas tão sensíveis. Não devemos nos comparar com ninguém. Deus tem um plano especial com cada um, basta “obedecer” que tudo se resolve.

Deus abençoe.

Dica: O Senhor não tem legalidade para nos abençoar e provisionar quando não praticamos a Palavra.

13/05 – Mensagem de edificação às 20:30h (Tradução para o Inglês)

Depois disto, deixando Paulo Atenas, partiu para Corinto. Lá, encontrou certo judeu chamado Áquila, natural do Ponto, recentemente chegado da Itália, com Priscila, sua mulher, em vista de ter Cláudio decretado que todos os judeus se retirassem de Roma. Paulo aproximou-se deles. E, posto que eram do mesmo ofício, passou a morar com eles e ali trabalhava, pois a profissão deles era fazer tendas. E todos os sábados discorria na sinagoga, persuadindo tanto judeus como gregos. Quando Silas e Timóteo desceram da Macedônia, Paulo se entregou totalmente à palavra, testemunhando aos judeus que o Cristo é Jesus. Opondo-se eles e blasfemando, sacudiu Paulo as vestes e disse-lhes: Sobre a vossa cabeça, o vosso sangue! Eu dele estou limpo e, desde agora, vou para os gentios. Saindo dali, entrou na casa de um homem chamado Tício Justo, que era temente a Deus; a casa era contígua à sinagoga. Mas Crispo, o principal da sinagoga, creu no Senhor, com toda a sua casa; também muitos dos coríntios, ouvindo, criam e eram batizados. Teve Paulo durante a noite uma visão em que o Senhor lhe disse: Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo, e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade.
Atos 18:1‭-‬10

E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.
Atos 2:42

…e à irmã Áfia, e a Arquipo, nosso companheiro de lutas, e à igreja que está em tua casa.
Filemom 1:2

Através desta passagem de Atos 18, Deus está falando com todos nós e transmitindo ensinamentos de como se inicia a Igreja numa cidade. Áquila e Priscila foram parar em Corinto por Obra do Espírito, ali encontraram Paulo.

Tudo por obra de Deus. A Igreja em Corinto iniciou na casa de Áquila. Ela se desenvolve dentro das casas das pessoas que se convertem. Paulo pregava aos judeus e gentios e testemunhava que o Cristo, o Messias é Jesus que veio para trazer a redenção para o planeta.

O testemunho é um produto de uma experiência subjetiva. Paulo pregava que Jesus venceu o diabo e todo seu exército e libertou todas as almas do planeta. Tudo está pronto! O Messias através de Paulo queria levantar sua Igreja em Corinto.

Paulo falou do propósito que ele tinha que era pregar sobre o Messias transformador e glorificador de almas. Muitos Coríntios aceitaram o Messias como Senhor e foram batizados.

Muitos Grupos Familiares foram abertos. A Igreja se desenvolvia. Eles estudavam a Palavra e perseveravam na doutrina dos Apóstolos. Essa era a ênfase mais evidente nos Grupos Familiares.

Havia ajuda mútua para os irmãos que estavam sendo edificados. Os membros com privações recebiam auxílio porque os irmãos estavam sensíveis ao Espírito.

Havia orações para filhos serem gerados e para os membros crescerem em Vida. Os irmãos oravam pelos enfermos e necessitados. Muitas vezes, os crentes estão numa cidade há anos, mas estão paralisados, não abrem a porta da casa para a Igreja. Não podemos perder tempo. Jesus está voltando! Vamos gerar, cuidar e edificar os filhos.

Deus abençoe.

Dica: Muitas vezes, os crentes estão numa cidade há anos, mas estão paralisados, não abrem a porta da casa para a Igreja.

12/05 – Café com Cristo às 08h

“Viúva pobre: Deus só quer Obediência”.

Assentado diante do gazofilácio, observava Jesus como o povo lançava ali o dinheiro. Ora, muitos ricos depositavam grandes quantias. Vindo, porém, uma viúva pobre, depositou duas pequenas moedas correspondentes a um quadrante. E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. 1Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento.
Marcos 12:41‭-‬44

A obediência agrada o Senhor em todos os aspectos. A única coisa que podemos dar para o Senhor é a nossa obediência. O prazer precisa ser para o nosso “Marido” constantemente. Nossa vida precisa ser centrada nesse objetivo. Jamais vamos agradá-Lo com a nossa razão e lógica. A coisa mais difícil para os crentes é a obediência.

Temos muitas dificuldades como esposa para agradarmos o “Marido”. Oséias sentiu a dor que Deus sentia com a rejeição do seu povo. A esposa de Oséias era infiel, mentirosa e enganadora. Oséias sentiu como é ter uma esposa infiel e entendeu o que Deus passava. Estamos faltosos e não pensamos nisso, e o prejuízo é de Deus.

Estamos livres do inferno, mas sempre murmuramos e reclamamos ao invés de obedecer a Deus para agradá-Lo. Deus quer nos abençoar, mas isso só acontece através da obediência. O ato de obediência e adoração da viúva pobre agradou Jesus. O Senhor ficou muito feliz com a atitude dela. Somos ingratos e desobedientes. Podemos achar que estamos bem, mas temos que revisar nossas concepções. Temos que decidir e pagar o preço, não importa se vamos sofrer ou passar vergonha.

Jamais vamos agradar a Deus pela capacidade humana. Isto não é obediência, mas religião. A Igreja precisa saber como agradar a Deus. A desobediência é um adultério espiritual, mas tratamos isso com tanta naturalidade. Por isso temos tantas privações e dificuldades. Deus nos trouxe para o Reino para sermos submissos a Ele. Com as trevas não tem acordo, temos que cortar relações. Ainda não vemos Cristo como nosso provedor. Não podemos traí-Lo com a nossa carne. O Senhor quer fidelidade e obediência.

Deus abençoe.

Dica: A única coisa que podemos dar para o Senhor é a nossa obediência.

11/05 – Mensagem de Terça-feira às 20:30h

“A Igreja na casa produz os vencedores”.

Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra.
Gênesis 1:26‭-‬28

Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente. Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea. Então, o Senhor Deus fez cair pesado sono sobre o homem, e este adormeceu; tomou uma das suas costelas e fechou o lugar com carne. E a costela que o Senhor Deus tomara ao homem, transformou-a numa mulher e lha trouxe. E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada. Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne. Ora, um e outro, o homem e sua mulher, estavam nus e não se envergonhavam.
Gênesis 2:7‭, ‬18‭, ‬21‭-‬25

A Palavra de Deus precisa ser pregada dentro das casas. Temos que fazer o Senhor entrar em todos os homens de maneira que haja uma transformação.

Precisamos deixar Deus operar a mudança de natureza em nós para que outras pessoas sejam beneficiadas. A origem da Igreja na casa está em Gênesis. O Reino de Deus na terra depende da regeneração, santificação e geração de filhos.

Deus quer encher a terra se crentes espirituais. Temos que atingir uma condição de humildade, mansidão e dependência do Senhor para tudo. Essa é a essência da Economia Divina.

O Grupo Familiar precisa produzir homens tementes a Deus. A Igreja do Senhor Jesus Cristo nasceu no Livro de Gênesis. Nós não seguimos nenhuma novidade. No Livro de Gênesis está descrito o procedimento da Igreja na Casa para Deus chegar ao fim que é ter o Reino na terra. O objetivo da Igreja é sermos servos de Jesus. Quando chegarmos nesse ponto, a Obra de Deus estará estabelecida nas nossas vidas.

Isso acontecerá por meio da Igreja na casa. Assim se desenvolve o Reino. O mundo distorceu o modelo e dividiu o cristianismo aglomerando as pessoas em templos. A Igreja na casa produz os vencedores, o filho varão.
Que possamos desenvolver essa verdade maravilhosa em nossos corações.

Deus abençoe.

Dica: Precisamos deixar Deus operar a mudança de natureza em nós para que outras pessoas sejam beneficiadas.