O Portal da sua Alimentação Espiritual

Assim como o Pai que vive, Me enviou, e igualmente eu vivo pelo Pai,também quem de Mim se alimenta, por Mim viverá. Jo 6:57

A viúva pobre

Guarda o teu coração

Em Marcos 12:41-44 vemos um acontecimento real, transparecendo para nós a verdadeira adoração a Deus, onde a viúva depositou no gazofilácio não somente as duas moedas que tinha, mas toda a sua fé e certeza de que Deus é que supre e que o amanhã pertence a Ele. O Senhor não está preocupado com as grandes quantias e sim com a motivação do nosso coração. Ele quer que a gente dê com alegria e amor, de nada adianta dar muito dinheiro se dermos por obrigação, ou raiva ou medo. O nosso coração deve estar entrelaçado com os princípios genuínos do Senhor. Muitos ofertaram do que lhe sobrava, ela porém, ofertou tudo o que tinha pois creu que depende dEle para tudo!

É mais fácil agir pela religião e comodismo, do que pela unção interior

A atitude dessa viúva foi de uma pessoa consagrada e com muita fé, não é qualquer pessoa que toma essa atitude. Somente a consagração, a separação do mundo, nos leva a ouvir voz do Senhor dentro de nós, somente o nosso negar diário para nós mesmos e a obediência ao Senhor nos leva a ser guiados pela unção interior. Aquele que vive na religião e comodismo está sendo escravo da carne e nunca vai desfrutar as experiências subjetivas com Deus e muito menos sentir que Ele é o Marido que supre todas as coisas.

O que falta é o que corre sangue e não o que me sobra

A atitude da viúva ministra para nós a entrega diária e total da nossa alma para o comando de Deus. Tudo que eu tenho não é meu, tudo é de Deus e Ele que vai estabelecer o quanto eu devo dar, o que eu devo fazer naquele dia para Ele e para benefício e expansão da obra. Devemos meditar nessa passagem e pedir a Deus a realidade espiritual que contém nela. O que me sobra não dói, pois não há o negar, o que me falta exige de mim fé e disciplina para crer que Deus proverá.

Ir para o Totpo